AÇÕES IMOBILIÁRIAS e INVENTÁRIOS

Ajudamos as pessoas a regularizarem os seus imóveis, ou seja, a registrar no Cartório de Registro (RGI).  Venha conhecer o nosso trabalho!  Encaminhe a sua mensagem preenchendo o formulário abaixo.

CONSULTORIA IMOBILIÁRIA (RJ) => Advocacia especializada em Direito Notarial e Registral (Imobiliário): REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS URBANOS (terrenos, casas e apartamentos) e RURAIS (georreferenciamento, ITR, CCIR, CAR, etc); INVENTÁRIOS e TESTAMENTOS, ações de condomínios em face de condôminos em atraso com sua cotas, assim como ajuda os arrematantes nas questões jurídicas relacionadas aos LEILÕES.


Atendimento "on-line" para todo o Brasil. Ligue Agora!

Política de utilização e privacidade encontram-se, em anexo, na aba "SOBRE NÓS"



Atendimento jurídico, para todo o Brasil, através das plataformas de vídeo: GOOGLE MEET, ZOOM, SKYPE, CISCO WEBEX, WHATSAPP.

EDULEILOES

Avenida Treze de Maio, 23 (edifício Darke), Centro, Rio de Janeiro 20031-007

Próximo ao metrô Cinelândia

21 98020-6858 (whatsapp)

21 99448-9995 (whatsapp)

consultoria@eduleiloes.com.br

CONSULTORIA IMOBILIÁRIA

            "Regularização de imóveis"

         Escritório de advocacia especializado em Direito Notarial e Registral (Imobiliário), principalmente, em questões de REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS  URBANOS (apartamentos, casas e terrenos) e RURAIS (regularização fundiária e ambiental), Incorporação Imobiliária, INVENTÁRIOS e TESTAMENTOS, assim como nos casos de bens imóveis adquiridos em LEILÕES, ou seja, questões de: 


1- REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS

a) URBANOS (ações administrativas e judiciais: requerimento - cadastro de IPTU, etc);

b) RURAIS (georreferenciamento, ITR, CCIR, CAR, com elaboração de Plantas e Memoriais Descritivos do terreno);


c) ações possessórias de MANUTENÇÃO e REINTEGRAÇÃO DE POSSE, AÇÃO - REQUERIMENTO DE USUCAPIÃO, etc;


d) ações imobiliárias: REIVINDICATÓRIA, AÇÃO ADJUDICAÇÃO COMPULSÓRIA, DIVISÓRIA, AÇÃO DE EXTINÇÃO DE CONDOMÍNIO, DEMARCATÓRIA, etc.


2- INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA:

- Registro da incorporação no RGI;

- Instituição de Condomínio;

- Elaboração da Convenção e Regimento Interno do Condomínio.


3- INVENTÁRIOS e TESTAMENTOS;


4- Problemas com IMÓVEIS NA PLANTA;

5- Cobrança extrajudicial e judicial das unidades (apartamentos) em atraso com o condomínio.

Quais são os principais problemas enfrentados pelos adquirentes dos imóveis:

                 Leilões de imóveis (judiciais e extrajudiciais)

Escritório de advocacia que ajuda o arrematante (investidor) a resolver os principais problemas em relação aos imóveis arrematados em leilões (judicias e/ou extrajudiciais), na fase posterior à sua aquisição e que estão descritos abaixo  :

1 - Desocupação do imóvel que foi arrematado;

2 - Expedição e registro da Carta de Arrematação no respectivo Cartório de Registro Imobiliário (CRI);

3 - Arrematação de "fração ideal" do imóvel;

4- Arrematação de "direito e ação" sobre o imóvel;

5 - Arrematação de terreno com construção (casa) não averbada na matrícula do bem adquirido;

6 - Arrematação de imóvel que possui Contrato de Locação, ou seja, o devedor tinha locado o bem para um terceiro e este está no imóvel adquirido em leilão;

7- Devedor interpõe petição autônoma ("Embargos") requerendo a nulidade ou anulação do leilão => o que arrematante poderá fazer nesta situação?

8 - Arrematação de imóvel de fiador de contrato de Locação e cujo devedor não pagou as cotas condominiais;

9 - Baixa das penhoras, hipotecas e outros gravames discriminados na matrícula do bem imóvel.


Contato:

Tel:  (21) 98020-6858 (whatsapp)

        (21) 99448-9995 (whatsapp)

E-mail: consultoria@eduleiloes.com.br

Conceitos


1- Leilões judiciais e extrajudiciais

O leilões poderão ser realizados por um leiloeiro que tenha recebido essa designação através de um juiz, então será um leilão judicial, decorrente de um bem que estava discriminado em um processo no Poder Judiciário.

Contudo, um credor (ex: Caixa Econômica Federal) poderá levar o bem à leilão, então será extrajudicial.

Normalmente, são designadas duas datas para a alienação dos bens:

1- No primeiro leilão, os bens deverão ser alienados por valor superior ao da sua avaliação (previamente realizada);

2- No segundo leilão a alienação poderia ser realizada por qualquer valor, contanto o qual não fosse vil, o que discriminado pelo juiz, normalmente, é 50% do valor de avaliação.

O Código de Processo Civil (CPC) trata do tema nos artigos 881 e seguintes. Entretanto, no Código Civil permanece o uso da expressão "hasta pública", nos artigos 447, sobre evicção, 497 e 1.237. 

.
 

Atendimento => Plataformas de vídeo chamada (digitais).

             (Comunicação através de vídeo chamada)

Realizamos   o    atendimento    jurídico através   das  seguintes  plataformas de vídeo chamada para todo Brasil:


1 - GOOGLE MEET

2- ZOOM

3 - SKYPE

4- CISCO WEBEX

5- WHATSAPP (VÍDEO)


Dessa forma, os nossos clientes terão toda a comodidade para entrar em contato conosco, através de todos os locais do Brasil, com a máxima segurança e eficiência, a fim de sanar as dúvidas relacionadas à regularização de imóveis, aos Inventários - Testamentos, aos problemas causados pelas construtoras e aos leilões (judiciais e extrajudiciais).